Lista de coisas sexuais que casais celibatários ou que nao curtem penetração anal e vaginal podem fazer

Muitas pessoas entendem sexo apenas como pau na xota, pau na boca, pau no cu.  Contudo, existem pessoas que por motivos traumáticos ou falta de vontade, prazer ou ideologia(lesbianismo político, por exemplo) não gostam de penetração, ou até mesmo sexo oral(no geral) e beijo grego. Então, baseando-me em relatos de praticantes de SNP(sexo não-penetrativo), criei essa lista sugestiva aos que se interessam pela ideia.

Antes de começar, gostaria de lembrar que a pele humana é a maior fonte de prazer, é um mapa pra zonas erógenas, então por que não a exploramos mais, nao é mesmo? Quanto mais cedo nos desligarmos da ideia de que o foco do sexo tem que ser a penetração, mais poderemos aproveitá-lo, sendo praticantes de SNP ou não.

Primeiro a lista das taxadas “preliminares”(como se sexo fosse uma lista de instrução):

  • Sexo oral e beijo grego: apesar da maioria dos adeptos da SNP não curtirem sexo oral ou cunilingus, tem aquele 1% que adora, então ponho na lista.
  • Sexo virtual: telefone, sms, web cam(garotas, cuidado com porn revenge)
  • Estimular os mamilos(uma pessoa consegue chegar ao orgasmo apenas com isso).
  • Massagem erótica.
  • Gouinage: fricção com roupas.
  • Lap dance(dança de colo): simular sexo de forma sensual e dançada(você pode adaptá-la não dançando).
  • Masturbação mútua.
  • Arranhões de leve por toda a pele.
  • Chupões, lambidas pelo corpo, assim descobre-se zonas erógenas d@ parceir@.
  • Mordida na orelha e no pescoço.
  • Lambida nas axilas(isso é polêmico na nossa cultura, mas as axilas são extremamente erógenas. Vamos parar de nojinho, é só tomar um banho, não vai sair ogros de lá, ta?).
  • Cafuné na cabeça(o couro cabeludo tem N terminações nervosas, quando muito protegido – pessoa tem cabelo – é extremamente sensível).

Coisas não convencionais – para as pessoas que se excitam mais com o processo do gozo do que com o ápice :

  • Tribadismo: fricção dos genitais.
  • Sumata: penetrar entre as coxas, entre as nádegas(assjob) – sem penetrar o anus – ou masturbação com os grandes lábios – fricção do pênis por toda a vulva- – sem penetração vaginal.
  • Espanhola: penetração entre os seios ou estimulação clitoriana no mamilo do parceiro.
  • Footjob: masturbação com os pés ou fricção do clitóris no dedão do pé.
  • Paf-pafu: fricção do rosto entre os seios.
  • Sexo háptico: privações ou manipulações sensoriais focando apenas em uma(tato, zonas erógenas individuais) até ela ou ele chegar ao orgasmo(a ideia é ele ou ela utilizar da imaginação enquanto é estimulad@).
  • Jogos sexuais(como os dados ou cartas eróticas com suspense).
  • Performances teatrais de fetiche(sadomasoquismo, streaptease, fantasias sexuais e afins) ou exibicionismo(mulheres, cuidado com porn revenge).