Analisando os discursos de Caique Gama na revista Atrevida

Resumindo a história, Atrevida é uma revista teen voltada para o público feminino nos mesmos moldes que a Cosmopolitan ou a Marie Claire. Isto é, dita como uma mulher perfeita tem que ser, porque mulheres precisam ser perfeitas, ou passar a vida inteira lutando para chegar a perfeição. A Atrevida em seu papel educando princesinhas desde novas não perde tempo em chamar meninos que essas meninas possuem admiração para dizer do que eles gostam em uma mulher. Seguindo uma lista de perguntas bizarras, as respostas seguidas são ainda piores. Apesar de todos os meninos expressarem poses extremamente machistas, apenas Caique Gama chamou atenção de todos por ter expressado uma opinião racista. Quando a pergunta tratou-se de “tranças” – seja lá qual foi o motivo da revista questionar sobre isso – Caique Gama disse que as vezes tranças são a única salvação para “cabelo ruim” e a revista fez questão de destacar que todos riram.

15278207-original Após a edição sair nas bancas, fãs negras e feministas se revoltaram com o conteúdo da revista, tornando-se assunto em todas as mídias sociais em que esses meninos estavam cadastrados. Daí, não perdendo tempo de ser imbecil, o senhor Caique Gama com uma postura extremamente humilde respondeu da seguinte forma:

AAf8AxY

Sua primeira reação foi se defender insinuando que havia pessoas negras na sua família, ou ciclo de amizade quando disse “não sabe nada sobre minha vida, sobre meus amigos” e que não foi racismo, mas tudo uma brincadeirinha com  “se ofendeu alguém, falei em tom de brincadeira”. Como podem ver, na mesma postagem volta a utilizar o termo “cabelo ruim” e a expressão “nego” para se referir as pessoas de quem ele está se defendendo.

No mesmo dia, Caique Gama solta a seguinte pérola:

AAf8qeN

Não vou comentar o “transa” nem o “ficar procurar”, mas vê-se que não satisfeito em dizer que existem negros em seu ciclo afetivo e que tudo não passou de uma brincadeira, manda os negros se silenciarem diante de seu racismo e põe a culpa do racismo em quem sofreu ele. E que também, acha lindo adornos negros como trança e blackpower, se tivesse usaria de tanto que ele acha lindo. Nossa! O menino agora aprecia a cultura negra, e usa isso para se defender. Ele gosta de adorno negros, é quase negro, gente! Só nesse discurso ele utilizou quase todos os argumentos que racistas usam pra se dizerem não racistas, falta apenas um que ele vai usar na próxima postagem, porque ele não achou necessário cagar um pouquinho, tem que ser em vasta escala.

Antes de fazer o segundo e “discurso final”, segundo ele, a Atrevida para tirar o próprio cu da reta disse que o cabelo ruim referido pelo Caique Gama foi tirado de contexto, que eles estavam falando sobre cabelo bagunçado, ainda que o Caique já tenha falado sobre o cabelo crespo e adornos negros e chamado ele de cabelo ruim pela segunda vez. A Atrevida tentando consertar apagou o fato de tranças serem um penteado afro e de a nossa cultura se referenciar a “cabelo ruim” cabelos crespos. Em outras palavras, a Atrevida tentou tirar o cu da reta, mas só piorou a situação dela, porque o mocinho já tinha falado sobre isso.

CQrAkHNWIAA6s5y

Como ele é burro, foi na onda e se passou por idiota… Mais uma vez!

caique-fly-instagram

Sim, Caique Gama concluiu o ciclo de argumentos que pessoas racistas usam pra se defender. Se colocar em posição de vítima. “A gente batalha durante anos pra conquistas algumas coisas”, “RACISTA(em cacha alta) é me chamar de branquelo”, sim, eu sou muito trabalhador, muito bonzinho para ser racista! Afinal, só quem é racista são pessoas más, não é? Pessoas que são boas não podem ser racistas. Só que não! Uma coisa tá longe de excluir a outra, só cai nesse teatrinho quem quer! Não me impressionará se ele ao dar entrevista para programas de TV falar que ele foi racista porque o sistema é racista, logo ele é racista por direito. Veja que nesse segundo discurso ele cita “tweets antigos” que estão usando contra ele. As pessoas investigando o twitter e o instagram dele, encontrou coisas tensas que ele disse já enquadrado na fama. Não só racistas, mas transfóbicas, homofóbicas, classistas e extremamente misóginas. Em um dos tweets ele diz que manda a empregada dele tomar no cu e mostrou graça ao dizer que sua mãe quase bate na empregada. Ele ficou com tanto medo dessas bosta que ele falou dar merda que desativou o twitter e o instagram.

Este slideshow necessita de JavaScript.

12079594_510149109158565_5939762709382268301_n

E pra piorar a situação dele, os amiguinhos traíras também tiraram o cu deles da reta, apesar de também terem defecado até bastante na revista, mas o pessoal não tá dando atenção já que o único que cagou forte foi o Caique. Não sei se foi o que disse que mulher de boné só se for frentista ou o que disse que mulher não pode botar foto de biquíni porque mulher tem que se comporta, mas um deles disse que Caique errou e que eles conversaram sobre isso(apesar de terem rido da piada).  Daí uma menina postou um depoimento na page oficial do Caique Gama e adivinha, ele apagou! Quem não deve não teme.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas é claro que ele não poderia parar por aí, não é? Tinha que ter dado RT em tags do tipo “Estamos com você caique gama” onde seus fãs branquinhos e negros agregados compartilham fotos dele com negros. Sim, ele não é racista porque tokeniza fãs negros, uai. Sem contar que ele é chamado de branquelo azedo, sofre mais racismo do que todos vocês, cabelos ruins.

12143224_857129351061288_4275466031651879188_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s