Um pouco mais sobre Ali

Eu a conheci na época que traduzia tweets para o Sujuloucas. Foi em um tweet que o integrante do grupo Super Junior chamado Kim Ryeowook falava o quão triste era Ali ter sido estuprada e ainda ser chamada de insensível por querer combater essa dor cantando sua música e que ele dava todo o apoio para ela continuar cantando “Na young”(mais explicada abaixo). Daí, fui atrás dela no google e tinha muitos vídeos dela no Immortal Song 2(só tinha visto a primeira temporada, até então) e sério, todas as apresentações, sem exceção são perfeitas! Ela aborda estilos alternativos como Tango, Folk, Jazz, predominância R&B.

hqdefault

Cho Yong Jin, conhecida como Ali, é uma cantora e compositora sul-coreana famosa por seu trabalho na música pop. Depois da sua estreia em 2009, ela é conhecida principalmente por seus vocais graves e seu tempo como uma concorrente no programa da KBS, Immortal Song 2.

Depois da sua estreia em 2009, ela já ganhou fama por suas aparições em shows de música, principalmente no Immortal Song 2 da KBS2. Ela também trabalhou como professora de artes musicais aplicadas no Seoul Technical Arts College.
ALi lançou seu primeiro álbum SOULri em dezembro de 2011  que foi, estranhamente, dois anos depois de sua estréia oficial. A música Na Young gerou muita repercussão, pois é baseada num caso público de abuso sexual muito polêmico na Coreia. A cantora foi considerada insensível por transformar tal caso em música, sendo proibida de canta-la em rádios. ALi viria a resolver esta controvérsia ao admitir que ela era uma vítima de agressão sexual, logo implorou para poder continuar cantando Na Young, era uma forma de expressão da sua dor e combate ao estupro.
Após o lançamento de seu álbum, ela realizou o primeiro concerto independente.

Na Youg(Letra fortíssima):

Curiosidades:
– Ganhou 3 vezes no Immortal Song 2(na época que eu assistia, ou seja, faz muito tempo).
– Huh Gak(um cantor coreano de muito pretígio) teve medo de concorrer contra ela no Immortal Song 2.
– Seu único álbum é o Soul-Ri: a village in the soul (2011).
– Quando lançou a música Na Young, tivera de pedir desculpas à menina e a família por transformar o caso dela em música.
– Foi abusada sexualmente.
– Ryeowook do Super Junior chorou e deu apoio a ela quando descobriu que foi violentada sexualmente.
– Chama atenção por ser uma Contralto numa terra onde só mocinhas que gritam  atingem agudos elevados(muitas vezes só sabem fazer isso) são valorizadas.
– A maioria de suas músicas retratam temas melancólicos como suicídio, estupro, divórcio e insanidade
– Faz linha de boêmia como a Amy Winehouse, Adele, Paula Fernandes.

Fontes de apoio: Wikipedia
Autoria: Cortez Hime

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s