Toy Story 3

O filme Toy Story 3 relata o desespero dos brinquedos ao verem suas crianças crescerem. Como consequência deste ato, seus donos precisam joga-los fora. Protagonizado pelo xerife Wood e seu amigo Buzz Lightyear, ambos possuem a missão de salvar os brinquedos do seu proprietário – Andy – sem prejudica-lo. Pois, graças a um grande engano foram parar em uma monstruosa creche.

O longa, apesar de comédia, apresenta um drama muito grande em relação aos brinquedos que acompanharam seus donos desde crianças para depois de crescidos simplesmente os mandarem para o lixo. Ou, por outro lado, a dor de um adolescente em abrir mão da sua infância inteira livrando-se da maior expressão dela em um dia.

No decorrer do filme, satirarizam o personagem Ken jogando várias indiretas sobre sua sexualidade por ser um brinquedo de menina, fora o lance de ser naturalmente metrossexual. Piadas são legais quando não induzem ao preconceito: quase todos os tachavam por ser afeminado fora o lance dele ser vilão. Apesar de tudo, Ken muda de posição, tornando-se mocinho mais a frente para provar o seu amor à Barbie – um modelo de mulher bem desejada.

A animação conseguiu concluir a trilogia sem desejo por mais, ao contrário da maioria dos filmes que possuem a saga incompleta ou aquele final fajuto só para dizer que teve um fim(Harry Potter, lalala).  Trouxe até nós um final emocionante, inesperado e cheio de saudade.

Autor: Cortez Hime

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s