MULHERES DA NOVA ERA: O MACHISMO CHEGOU AO SEU FIM?

Na sociedade, a mulher sempre teve um papel importante, sendo reconhecido ou não. Antigamente, seus cargos se limitavam a afazeres domésticos, mães e esposa. Atualmente, na maioria das culturas, sua vida se baseia em escolhas. Tais mudanças(grande parte) se dão a movimentos feministas, que segundo Simone de Beauvoir, visam a destruição do machismo e consequentemente a igualdade entre os sexos.

Apesar dessa revolução, o machismo ainda está impregnado, culturalmente falando. Uma prova disso é a mídia, ao referir a presidenta Dilma Rousseff como um homem pelo seu cargo. A pregação da nudez feminina como um objeto e as histórias infantis onde há uma donzela em perigo que necessita de um príncipe para ser salva também são exemplos fortes.

A sociedade ensina as crianças que mulher é um ser frágil e dependente do homem para viver.Quando se presenteia uma menina com bonecas e panelinhas, põe-se em sua mente o compromisso de ser uma mãe ou ao ganhar uma Barbie, tornar-se uma pessoa obcecada pela beleza imposta à sociedade. Esses esteriótipos dificultam a evolução do espaço feminino, gerando preconceitos seríssimos como a diferença entre salários por sexo ou a falta de oportunidades para mulheres no mercado de trabalho.

A mulher ganhou espaço no mundo sim, mas o machismo nunca irá acabar somente com essas mudanças. Para a igualdade entre os sexos acontecer, a própria mulher terá de querer, dizendo não à submissão e sim a sua valorização.

Por Cortez Hime
Revisão: Judith e Cortez Hime
Autoria do tema: Piki

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s