A IMAGINAÇÃO É O PRIMEIRO MEIO DE TRANSPORTE DO SER HUMANO

Desde criança, o ser humano está acostumado a sonhar. Nessa fase, a sua imaginação é tão ampla que chega a ser invejada pelos adultos. Em alguns casos, o homem que utiliza desse meio é considerado louco ou infantil, mesmo com grandes contribuições históricas reconhecidas após a morte do sonhador.

Viver em um universo alternado ou apresentar ligações profundas com o subconsciente é levado com ceticismo desde a Idade Média, onde grandes inventores eram lançados à fogueira ou mandados ao hospício pelo simples fato de sonhar. Sua maioria hoje em dia foram reconhecidos como gênios ou contribuidores da humanidade.

Mesmo que através da morte obtiveram suas “asas cortadas”, aqueles que inventam não são os únicos a se privarem deste mecanismo. Todos os homens são forçados a se isolar, despedir-se deste dádiva quando chegam a fase adulta. Com a frustração de negar-se desse meio, muitos duvidam que crianças – maiores credores da imaginação -, em hábitos regulares, possam sofrer, já que todas são donas de um universo próprio.

Ao fazer parte da constituição humana, a imaginação não deveria ser naturalizada como proibida, e sim ser interpretada fonte de inspiração vital. Afinal, sonhar sempre foi um meio de teletransporte, seja para outra Era ou outro mundo.

Autor: Cortez Hime
Revisão: Cortez Hime
Tema: UNB
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s